1964
 

Setembro
O testamento de um eurocomunista

 

 

Depois da morte de Otto Grotewhl, Willy Stoph, Presidente do Conselho da RDA (21 de Setembro)

Itália: publicado o chamado "testamento Togliatti", onde o líder dos comunistas italianos defende o não-alinhamento face a Moscovo (4 de Setembro)

França: De Gaulle inicia viagem à América Latina (de 21 de Setembro d 16 de Outubro)

Eduardo Frei* vence as eleições presidenciais no Chile, derrotando Salvador Allende (4 de Setembro)

Independência de Malta (21 de Setembro).  Autogoverno desde 1947, mas mantendo o estatuto colonial, torna-se independente (21-09-1964), mas mantendo-se na Commonwealth. Só em 1974 é que se torna república, depois do regresso ao poder dos trabalhistas de Dominic Mintoff.

Alargada a linha de combate contra a guerrilha – No ano da morte de Craveiro Lopes (2 de Setembro) e do estabelecimento de um acordo com a França, para a instalação de uma estação de rastreio na ilha das Flores (17 de Março), inicia-se a guerrilha em Moçambique, por iniciativa da FRELIMO (25 de Setembro). D. Sebastião Soares de Resende, bispo da Beira, emite uma Nota Pastoral protestando contra a suspensão do jornal da diocese, o Diário de Moçambique, bem como contra a circunstância do mesmo estar sujeito a censura prévia (15 de Dezembro).

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

 

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: