1976
 

Novembro

Da morte de Malraux à eleição de Carter

 

Morte de André Malraux* (Novembro)

Na Argélia, Boumedienne faz aprovar por referendo uma nova Constituição (19 de Novembro), onde, em nome da democracia socialista, se mantém a FLN como partido único e se estabelece o Islão como religião de Estado.

No Burundi, há um golpe de Estado (1 de Novembro) que leva ao poder o coronel Bagaza, afastando Micombero, no poder desde 1966.

James Earl "Jimmy" Carter é eleito Presidente dos EUA (2 de Novembro). Terá como secretário de Estado Cyrus Vance e mobilizará Zbigniew Brzezinsky como conselheiro de segurança, cortando-se a perspectiva do realismo

Conselho Europeu de Haia; esquecido o relatório Tindemans, opta-se por uma vaga declaração de intenções sobre a União Europeia (29 a 30 de Novembro)

José Magalhães Godinho é eleito Provedor de Justiça pela Assembleia da República (10 de Novembro de 1976)

 

VIII Congresso do PCP (11 de Novembro de 1976)

 

ONU rejeita a integração de Timor Leste na Indonésia (18 de Novembro de 1976)

 

Congresso dos GDUP, Grupos Dinamizadores da Unidade Popular, reune-se na Amadora, visando a criação de uma frente popular aberta a todos os antifascistas revolucionários (21 de Novembro de 1976)

 

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: