Koestler, Arthur
(1905-1983)

 

 

Húngaro de origens judaicas. Depois de uma breve fase comunista, torna-se sionista, entre 1922 e 1929. Jornalista na Alemanha desde 1931, regressa à miltância comunista. Vai para a URSS em 1932, desiludindo-se do ideal. Instala-se em França a partir de 1834 e é repórter na guerra civil espanhola, chegando a estar preso. Regressa a França e trata de assumir o anticomunismo. Passa para Inglaterra em 1940. Volta à Palestina de 1942 a 1948.

O Zero e o Infinito

1940 ed. ingl., 1941; ed. fr., 1946.

· Darkness at Noon

1948.

· Les Racines du Hasard

Paris, Calmann-Lévy,1972.

· The Art of Creation

Nova York, Macmillan,1964.

 

Voltar início

Cosmopolis  © José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: 19-03-2009