© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

1626: Batalha de Lutter

 

1620 1621 1622 1623 1624 1625 1626   1627 1628 1629

 

Século XVI Linha do Tempo Século XVIII

 

 Luís XIII, rei de França

 

Carlos I, Stuart (1625-1649)

 

Imperador Fernando II (1619-1637)

 
 
Paz de La Rochelle entre a coroa e os protestantes (5 de Fevereiro).

Tratado de Monzón (5 de Março). Espanhóis evacuam da Valtelina.

Tilly* vence Cristiano IV da Dinamarca em Lutter (27 de Agosto).

Sismo em Nápoles provoca dez mil mortos (30 de Julho). 

 Reinado de Filipe IV (III)

Lançamento de um empréstimo forçado, junto de homens de negócios de Lisboa, para socorro da Índia.

Inquisição estende-se a África.

Naufrágio da armada de D. Manuel de Meneses no mar da Bretanha, quando se dirigia em ataque à Inglaterra.

Missionários cristãos são expulsos do Japão durante quinze anos. O Padre Francisco Pacheco é queimado em Nagasáqui (20 de Julho). Beatificado em 1867.

O patriarca da Etiópia D. Afonso Mendes consegue que o imperador Sossénios preste obediência a Roma. Este morrerá em 1632 e a linha de ligação é quebrada.

 
Richard Cromwell (1626-1712).

 

Padre Bartolomeu do Quental (1626-1698).

 

Pedro Barbosa Homem Canonista, desembargador da Relação do Porto Discursos de la Juridica y Verdadera Razón de Estado, formados sobre la vida y acciones del rey don Juan el II, de buena memoria, Rey de Portugal, llamado vulgarmente el Principe Perfecto. Contra Machiavelo y Bodino, y los demas Politicos de Nuestros Tiempos sus Sequazes, Coimbra, Nicolao Carvalho, 1626.

 

J. S. Menochius, Hieropolitica, Colónia.

 

Francis Bacon, New Atlantis.

 

Padre António de Andrade S. J., Novo descobrimento do Grão Cataio e dos Reinos de Tibete, Lisboa.  

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009