1987
 

Janeiro
Entre marcos e dólares

 

 

Eleições legislativas na RFA; Kohl permanece à frente do governo, apesar da descida dos democratas-cristãos; subida dos liberais e verdes com 42 lugares (25 de Janeiro)

João Paulo II encontra-se com Jaruselski (13 de Janeiro)

Hu Yaobang substituído por Zhao Ziyang* à frente do PCC; Li Peng novo Primeiro Ministro (16 de Janeiro)

Surge um governo de coligação na Áustria, com socialistas e populares. O anterior chanceler, o socialista Franz Vranitzky mantém a chefia do governo (14 de Janeiro)

Gorbatchev propõe que, para os sovietes, haja eleições pluralistas e com voto secreto na URSS (28 de Janeiro)

Reajustamento monetário face à valorização do marco e à desvalorização do dólar (12 de Janeiro)

Henry Plumb eleito presidente da assembleia parlamentar europeia (20 de Janeiro)

CDS Semanários políticos de fim de semana atacam o CDS liderado por Adriano Moreira. O antigo funcionário do partido, Paulo Portas, no Semanário, fala numa direita saudosista e palaciana, secundando a campanha do ex-candidato presidencial Diogo Freitas do Amaral e da sua Fundação Século XXI. Vicente Jorge Silva no Expresso, o antigo propagandista maoísta do jornal Comércio do Funchal, denuncia até que o CDS não passa de uma extrema-direita confessional (18 de Janeiro). Isto é, os ex-extremistas de esquerda, convertidos à moderação, têm, de vez em quando, necessidade de episódicos objectos de ódio, para onde atiram a respectiva ira inquisitorial.

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

 

 

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: