1796: Revolta da Vendeia

 

 

1790 1791 1792 1793 1794 1795 1796   1797 1798 1799 1800

 

  Século XVI  Linha do Tempo

 

Jorge III rei britânico (1760-1820)

 

Carlos IV, rei de Espanha (1788-1808)

 

 
 

Tratado de Santo Ildefonso entre a França e a Espanha (19 de Agosto de 1796).

Napoleão Bonaparte casa com Josefina de Beauharnais (9 de Março de 1796).

Napoleão vence a batalha de Montenotte (12 de Abril). Derrota os austríacos na batalha de Lodi (10 de Maio). Conquista Milão (15 de Maio).  Volta a vencer os austríacos nas batalhas da Bassano (8 de Setembro) e de Arcole (17 de Novembro).

 

Napoleão comanda o exército francês na Itália e derrota os austríacos e os piemonteses. A Espanha declara guerra à Inglaterra. O ano de 1796 começa com a liquidação da revolta da Vendeia (Março) e com o crescendo do protagonismo de Napoleão que, a partir de Abril, assume o comando das forças francesas em Itália, derrotando sucessivamente os austríacos e os piemonteses. Aliás, depois da conquista de Milão, instaurava-se mais uma uma république soeur, a República Lombarda, a que se seguiram as Repúblicas Cispadana e Transpadana (de Padus, o rio Pó, em latim), instituídas em Outubro de 1796.

 

A França consegue conquistar aquilo que virá a ser a República Batava e  vai penetrando na Itália, ocupando o Piemonte-Sardenha

 

 

 

 

Carlos Emanuel IV de Sabóia (1796-1802).

Adams vence Jefferson nas eleições norte-americanas (Novembro).

 

Morre Catarina II (6 de Novembro). Sucede-lhe Paulo I

Paulo Petrovitch I, imperador russo (1796-1810)*.

 

Imperador Jiaqing na China (1796-1820), depois de abdicar o pai (9 de Fevereiro).

 

 

Seabra da Silva é galardoado depois de, no ano anterior, chegarem a Lisboa os restos do exército do Rossilhão (18 de Junho).

Nomeação de altas figuras para o Conselho de Estado (9 a 23 de Julho).

Reformas militares, com o aumento do número dos efectivos do exército e da armada (Dezembro).

Surge a Real Academia dos Guardas Marinhas e empréstimo de 10 000 cruzados (1796).

Fundação da Real Biblioteca Pública de Lisboa, futura Bibioteca Nacional (29 de Fevereiro).

Encontro em Badajoz entre as famílias reais de Portugal e Espanha (23 de Janeiro)

 

 

Rodrigo de Sousa Coutinho (1745-1812), 1º conde de Linhares, é nomeado secretário de Estado da Marinha.

Decreto de neutralidade a observar-se nos portos portugueses, face ao conflito europeu (17 de Setembro)

António Francisco Lisboa, o Aleijadinho, é contratado para a execução das estátuas Congonhas do Campo.

Imposto da décima eclesiástica (15 de Outubro).

 

P. J. B. Buchez (1796-1865).

 

Thomas Carlyle (1795-1881).

 

Sá da Bandeira (1795-1876).

 

Prosper Enfantin   (1796-1864).

 

Joseph de Maistre, Considérations sur la France.

 

Bonald*, Théorie du Pouvoir Politique et Religieux dans la Societé Civile démontré par le Raisonnement et l'Histoire.

 

FichteGrundlage des Naturrechts nach Prinzipien der Wissenschaftslehre.

 

Goethe, Egmont

 

 

 

 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009