© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

1319: Ordem de Cristo

 

 

1308 1309 1310 1311 1312 1313 1314 1315 1316 1317 1318 1319  1320

 

 

Século XIII  Linha do Tempo    Século XV

  Filipe V, rei de França (1316-1322)

 

Eduardo II rei de Inglaterra (1307-1327)

 

Osman I, sultão dos turcos (1299-1326) 

 

 
Papa João XXII em Avinhão (1316-1334)

Luís da Baviera, imperador alemão (1314-1347).

Frederico o Belo, Habsburgo, filho de Alberto I, rei alemão

João do Luxemburgo, rei da Boémia (1310-1346)

Carlos I Roberto,  de Anjou, rei da Hungria (1308-1342)

Frederico II (1296-1336), rei de Aragão e da Sicília

Ladislau I, o Breve, rei da Polónia (1306-1333)

União da Suécia e da Noruega (8 de Julho). Magnus VII é eleito rei.

Fracassa cerco castelhano a Granada.

Napolitanos aliam-se a Génova contra os Visconti. 

 

 Reinado de D. Dinis

Fundação da Ordem de Cristo* pela bula do papa João XXII, Ad ea ex quibus  (14 de Março). O rei despacha embaixadores para Avinhão, agradecendo a decisão. Aceita a bula por diploma de 5 de Maio. O primeiro grão-mestre é D. Frei Gil Martins, nomeado pelo Papa. A sede fica em Castro Marim.

Guerra civil entre D. Dinis e o filho D. Afonso. Este exige a entrega da justiça do reino. 
 
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009