© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

1350: Pedro I de Castela e João II de França

 

 

 

 1349 1350  1351 1352 1353 1354 1355 1356 1357 1358 1359 1360

 

Século XIII  Linha do Tempo    Século XV

Guerra entre Génova e Veneza (1350-1355).

Luís I, o Grande, rei da Hungria faz nova investida em Itália.

 

Pedro I de Castela, o Cruel ou o Justiceiro (1350-1369)

Filipe VI (Valois), rei de França (1328-1350)

 

João II, le Bon (1350-1364)

 

Carlos III, o Mau, rei de Navarra (1349-1387)

 

Eduardo III, rei de Inglaterra  (1327-1377)

 

Valdemar IV, rei da Dinamarca (1340-1375)

 

Orkhan I, sultão otomano (1326-1359)

João V, Imperador do Oriente (1341-1376)

Simão I, príncipe de Moscovo (1341-1353)

Dmitri Donskoi, grão-duque de Moscovo (1350-1389)

Papa Clemente VI (1342-1352)

Carlos IV, do Luxemburgo (1346-1378)

Joana I, rainha de Nápoles (1343-1382)

Luís, o Menino (1342-1355), rei da da Sicília e duque de Atenas

Luís I, o Grande, de Anjou, rei da Hungria (1342-1382)

Casimiro III, o Grande, rei da Polónia (1333-1370)

Peste devasta a Escandinávia.

 

Guerra entre Génova e Veneza (1350-1355).

Florescimento da Liga Hanseática (1350-1500).

 

Dmitri Donskoi, grão-duque de Moscovo, estende domínio até ao Volga (1350-1389).

 

Morte de Afonso XI no cerco a Gibraltar. Sucede-lhe Pedro I o Cruel*, rei de Leão e Castela (1350-1369).

Casado com D. Maria de Portugal (1313-1357), filha de D. Afonso IV. Apoiada pela grande nobreza de Castela, nomeadamente por João Afonso de Albuquerque, que assume a regência. Filho do bastardo real de Portugal, D. Afonso Sanches.

Albuquerque abandona a neutralidade face à Guerra dos Cem Anos e decide apoiar a França, contra a Inglaterra.

Afonso XI deixara oito bastardos, filhos de Leonor de Guzmán, entre os quais Henrique que casa com Joana Manuel.

Os adversário de Pedro I diziam que ele não era filho de Afonso XI, mas do judeu Pero Gil. Ridicularizam os seus apoiantes, dando-lhes o nome de emperogilados.

Divisão do Parlamento inglês em Câmara Alta e Câmara Baixa.

Morte do rei de França Filipe VI (22 de Agosto). Sucede-lhe João II, le Bon (1350-1364).

Luís I, o Grande, rei da Hungria faz nova investida em Itália.

 

 

 Reinado de D. Afonso IV

Revolta de nobres portugueses exilados em Castela contra D. Pedro I. Liderada por João Afonso de Albuquerque, filho de Afonso Sanches. 
Nasce S. Vicente Ferrer.

Fraticelli organizam uma igreja cismática.  
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009