© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

 

1526: Batalha de Mohacs e nova guerra dos Valois contra os Habsburgos

 

 

1518 1519 1520 1521 1522 1523 1524 1525 1526   1527 1528 1529 1530

Século XV Linha do Tempo Século XVII

Segunda guerra entre Valois e Habsburgos, de 1526 a 1529

 

Carlos I de Espanha, imperador do Sacro Império (como Carlos V); rei de Aragão a partir de 1516; regente de Castela em nome da mãe entre 1516 e 1555 e rei de jure entre 1555 e 1556; unifica as duas coroas e torna-se o primeiro rei de Espanha (1555-1556).

Francisco I, Valois, rei de França (1515-1547)
 

Henrique VIII, Tudor, rei de Inglaterra (1509-1547).

 

Segismundo ou Zygmunt I, o Velho, Jagelão, rei da Polónia (1506-1548)

 

Solimão II, o Magnífico (1520-1586)

João I, rei da Hungria (1526-1540)

  

Papa Clemente VII (1523-1534)

 

Carlos V Habsburgo (1519-1530). Abdica em 1556 mas, não formalmente,  até 1558.

Francisco I, prisioneiro, é obrigado a assinar o Tratado de Madrid de 14 de Janeiro, onde renuncia a Milão e a Nápoles, assim como à Flandres, à Borgonha e ao Artois. Mas, regressado a França, recusa aplicar o tratado.

Segunda Guerra de Carlos V contra Francisco I (1526-1529).

A cessão da Borgonha à Espanha não é executada e gera nova guerra franco-espanhola. Em 22 de Maio, Francisco I repudia o Tratado de Madrid e forma a Liga de Cognac contra Carlos V, com Milão, Veneza, Florença e o Papa.

Espanhóis conquistam Milão (24 de Julho)

Consejo de Estado por Carlos V em 1526.

Batalha de Mohacs, permitindo a sujeição da Hungria e da Transilvânia pelos turcos de Sulimão II (29 de Agosto). Morre na batalha o rei Luís II da Hungria, bem como 24 000 compatriotas.

Buda é queimada pelos turcos.

A Croácia fica sob ocupação Otomana até 1699, quando regressa à Hungria.

João I, rei da Hungria (1526-1540)

Fernando da Áustria é proclamado rei da Boémia e da Hungria pela dieta de Pressburgo.

Também o príncipe da Transilvania João de Zapolya, aproveita as circunstâncias e, depois de vencer a batalha de Dubrovnik, alcança a independência, contrariando os interesses do arquiduque Fernando da Áustria.

Primeira Dieta de Espira

Aliança de Gotha dos luteranos.

Babur (1483-1530), rei de Cabul, muçulmano sunita, toma Deli e funda o império Mohgul ou Mughal, ou império do Grão Mogol, que dura até 1857. Vence a batalha de Panipat em 21 de Abril. Babur governa a Índia de 27 de Abril de 1526 a 26 de Dezembro de 1530. Vitória dos homens de pele branca e pólvora para canhão (F. Braudel).

Imperador Go-Nara no Japão (9 de Junho).

 

 

Viagens de Sebastião Cabot*, ao serviço de Espanha ao Sul da América. Dá à região o nome de Rio de La Plata (1526-1529).

Áustria A partir da divisão da herança de Carlos V entre o núcleo de Filipe II, com a Espanha, a Borgonha e as possessões italianas, e o núcleo austríaco, deixado ao irmão, Fernando I, em 1521, importa salientar que em 1526, chega a vez das coroas da Boémia e da Hungria, com o casamento de Fernando I, com herdeiros de Ladislau II

 
Reinado de D. João III

Ataque e cerco à fortaleza de Calecut pelo indianos do samorim.

Criação de 50 bolsas para estudantes portugueses no Colégio Universitário de Santa Bárbara, em Paris

Instruções sobre a negociação das Molucas. (4 de Janeiro)

Casamento em Sevilha, de Dona Isabel, filha de D. Manuel I, com Carlos V (11 de Março)

Contrato de matrimónio entre Dona Beatriz, filha de D. Manuel I, com Carlos III, duque de Saboia (26 de Março)
Marquês de Santa Cruz (1526-1588)

Maquiavel é nomeado superintendente das fortificações de Florença. Por influência do novo papa Clemente VII.

 

Cronica do Condestabre de Portugal, de 1526, com reediçao de 1554

 

Juan Luis Vives, De subventione pauperum

 

Inácio de Loyola, Exercícios Espirituais

 

Lutero,  Ob Kriegseute auch in seligem Stand sein konnen

Lutero concebe a missa alemã.

 
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009