1978
 

Setembro
Paz entre Israel e o Egipto, repressão anti-fundamentalista no Irão e Botha a governar Pretória

 

 

Começa a vaga de greves na Grã-Bretanha (Setembro)

África do Sul: Pieter Botha sucede a Johannes Vorster como chefe do governo (20 de Setembro)

Irão: manifestações fundamentalistas em Teerão levam a feroz repressão do Exército, causando cerca de mil mortes. Instaurada a lei marcial (8 de Setembro)

Acordos de paz de Camp David entre Sadat e Beguin (17 de Setembro)

Novo Primeiro-Ministro declara: somos um governo de recurso, sem opções políticas de fundo (7 de Setembro). PS, CDS e PCP apresentam moções de rejeição ao programa de governo (11 de Setembro).

Aprovada a do PS, com votos contra do PSD. 141 votos a favor da moção de rejeição (PS, CDS, UDP e seis independentes; abstenção do PCP) (14 de Setembro).

Dissidências de direita no PS – Medeiros Ferreira e António Barreto renunciam ao mandato de deputado e demitem-se do PS (6 de Setembro). Medina Carreira também abandona o partido de que foi ministro (13 de Setembro).

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: