© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

1663: Batalha do Ameixial

 

 

1660 1661 1662 1663   1664 1665 1667 1668 1669 1670

 

Século XVI Linha do Tempo Século XVIII

 

 Luís XIV, rei de França

 

Carlos II Stuart, rei inglês (1660-1685)

 

Leopoldo I Habsburgo  (1658-1705)

 
 

Dieta Perpétua da Prússia sobordinada (1661-1663). Convocada para Ratisboan, funciona até 1806, assumindo-se como órgão das classes imperiais.

Construção do canal Frederico Guilherme entre o Elba e o Oder (1662-1668).

Os intendentes franceses passam a receber a administração dos impostos indirectos.

Canadá na directa dependência da coroa francesa.

Turcos voltam a atacar a Áustria, retomando ofensiva parada desde 1606. Hão-de cercar Viena em 1683.  

 Reinado de D. Afonso VI. Governo de Castelo Melhor

Conquista de Évora (de 14 a 23 de Maio) e Alcácer do Sal pelos espanhóis liderados por D. João de Áustria*. O novo governador de armas do Alentejo é D. Sancho Manuel, conde de Vila Flor.

Batalha de Ameixial (8 de Junho). Derrota completa do exército espanhol. Vitória de D. Sancho Manuel e Pedro Jacques de Magalhães, no mais decisivo dos confrontos da guerra. Recuperação da praça de Elvas.

D. Luiza de Gusmão retira-se da Corte.

Desvalorização da moeda.

Regimento do escrivão da puridade (12 de Março).

Regimento da Junta do Comércio (21 de Setembro).

Proibida a importação de vinhos.

Conquista de Cochim e Cananor pelos holandeses.

Instruções para D. Francisco Manuel de Melo, na qualidade de Enviado Especial a Paris, a fim de tratar do casamento de D. Afonso VI com Mademoiselle D'Orleans (18 de Janeiro).

Enviado Francisco Ferreira Rebelo a Londres para solicitar apoio militar contra a Espanha. (16 de Junho).

 

Chegam a Lisboa os Agostinhos Descalços, por intervenção da rainha D. Luiza de Gusmão.

Morte da rainha Ginga Mbandi. 
Diogo Guerreiro Camacho de Aboim (1663-1709). Natural de Ourique. Civilista. Desembargador da Casa da Suplicação.

 

Padre António Vieira, interrogado pelo Santo Ofício em 21 de Julho. Ver Defesa perante o Tribunal do Santo Ofício, publicada por Hernâni Cidade, Baía, 1957, 2 vols.. É acusado de acreditar em falsas profecias.

 

Manuel Faria e Sousa, Europa Portuguesa.

 

Publicação do periódico Mercúrio Português (Janeiro). Destina-se, sobretudo, a notícias de guerra.

 

Padre Simão de Vasconcelos, Crónica da Companhia de Jesus do Estado do Brasil. 
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009