1955
 

Dezembro
Sarre alemão e Europa com bandeira das doze estrelas

 

Reino Unido: Hugh Gaitskell* substitui Attle na chefia dos trabalhistas (7 de Dezembro)

A Espanha é admitida na ONU (14 de Dezembro)

Comité de ministros do Conselho da Europa adopta a bandeira azul com doze estrelas amarelas como emblema da Europa (8 de Dezembro)

Votada a entrada de Portugal na ONU (14 de Dezembro). Vai dirigir a delegação portuguesa o embaixador Vasco Garin, com uma equipa onde colaboram jovens estrelas do salazarismo como Adriano Moreira, André Gonçalves Pereira, Henrique Martins de Carvalho, José Manuel Fragoso, Luís Teixeira Pinto e o então cônsul em Londres, Franco Nogueira. Outros Estados admitidos: Albânia, Áustria, Bulgária, Ceilão, Espanha, Hungria, Irlanda, Itália, Jordânia, Laos, Líbia, Nepal e Roménia.

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: