1979
 

Março
Dos desastres nucleares à morte de Monnet

 

Golpe de Estado em Granada leva ao poder Maurice Bishop (13 de Março de 1979)

Cai o governo trabalhista inglês de James Callaghan . Thatcher consegue colocar os trabalhistas em minoria (28 de Março)

A OPEP aumenta em 9% o preço do petróleo (27 de Março)

Acidente na central nuclear de Three Mile Island* (28 de Março de 1979)

Conselho Europeu de Paris coloca em vigor o Sistema Monetário Europeu; a decisão já tomada em Dezembro, sofreu atraso devido à falta de acordo sobre os montantes compensatórios monetários aplicados no âmbito da PAC (9-10 de Março)

Morte de Jean Monnet (16 de Março)

Criada uma federação de partidos liberais da Comunidade Europeia (27 de Março)

III Congresso do PS, em nome do lema Dez Anos para Mudar Portugal. Aprovada uma linha programática redigida por António Guterres (3 de Março). Uma semana depois, Vasco da Gama Fernandes demite-se do PS, dizendo-se ofendido, humilhado e traído, pela maneira como Mário Soares, no relatório apresentado ao Congresso, referiu a sua substituição, na presidência da Assembleia da República, por Teófilo Carvalho Santos. Entre os novos membros da comissão nacional do partido, surge Jorge Sampaio, tendo saído Mário Sottomayor Cardia e Marcelo Curto. Dos militantes históricos, de 1974, apenas permanecem Jaime Gama, Salgado Zenha, Tito de Morais, Herculano Pires, António Reis, Arons de Carvalho e Rui Mateus. Já se tinham demitido do PS António Barreto, Medeiros Ferreira, Lopes Cardoso e Aires Rodrigues, enquanto Zenha está cada vez mais incompatibilizado com Soares. Consagra-se adesão ao PS dos ex-GIS como Jorge Sampaio, João Cravinho, José Manuel Galvão Teles e Nuno Berderode dos Santos.

 

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: