1980
 

Maio
A Europa da geometria variável

 

 

Jugoslávia: morte de Tito (4 de Maio)

Grécia: Karamanlis, dito Theo, torna-se presidente da república, abandonando a chefia do governo grego, para Georges Rallis (5 de Maio). Obtém 183 votos entre os 300 deputados, mas só consegue o objectiva numa terceira volta.

O centrista Fernando Belaunde Terry é eleito presidente do Peru (18 de Maio)

Fracassa golpe de estudantes sul-coreanos que pretendiam tomar a cidade de Kwanggyo (27 de Maio).

Os Nove aprovam uma diminuição da contribuição britânica para uma subida de 5% dos preços agrícolas comunitários (30 de Maio)

O Conselho alcança um compromisso no que respeita à contribuição do Reino Unido para o orçamento da Comunidade (30 de Maio)

Colóquio dos socialistas europeus em Roma; Delors fala na ideia de Europa de geometria variável, a propósito da atitude britânica: a atitude dos britânicos provém de um desacordo profundo. Em vez de os ver afastarem-se deliberadamente do Conselho Europeu, eu preferiria propor-lhes uma Europa de geometria variável (5 e 6 de Maio)

APU – PCP e MDP assinam acordo visando reconstituir a Aliança Povo Unido (6 de Maio).

Voltar início

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: