1980
 

Abril
Falhanço norte-americano no Irão e independência do Zimbabwe

 

 

 

Irão: Washington corta relações com Teerão (7 de Abril).Falha a tentativa militar de libertação dos reféns norte-americanos no Irão (25 de Abril). Explodem três helicópteros que no deserto preparavam assalto a Teerão. Na sequência do incidente, vai demitir-se o secretário de Estado, Cyrus Vance*, que sempre se opusera à intervenção (28).

Cuba: Cerca de 10 000 cubanos refugiam-se na embaixada do Peru em Havana para obterem um visto de saída (de 4 a 20 de Abril)

Independência do Zimbabwe (18 de Abril). Mugabe torna-se chefe do governo

Morte de Sartre (15 de Abril)

Países Baixos: abdicação da rainha Juliana, sucedendo-lhe Beatriz (30 de Abril)

 

O Conselho Europeu, reunido no Luxemburgo, discute os problemas relativos à convergência e a contribuição do Reino Unido para o orçamento da Comunidade (27 e 28 de Abril de 1980)

 

O PS, através de Vítor Constâncio e Eduardo Pereira, inicia negociações com Ramalho Eanes, através do chefe da casa civil, Fernando Reino, para apoio à recandidatura do Presidente da República, desejada pela maioria dos membros do Secretariado Nacional do partido (3 de Abril).

O PS corria o risco da italianização. Conforme observa Vergílio Ferreira: o grande erro deste partido chama-se Mário Soares. Este homem ainda não teve notícia de que não vivemos na I República.

Forças Populares 25 de Abril Anunciada a formação das FP25 (20 de Abril). Em 3 de Fevereiro de 1981 lançam bomba contra o Banco do Brasil. Rebenta novo petardo com assinatura da mesma organização em Felgueiras (27 de Setembro de 1981). Assumindo inequivocamente a via terrorista, a mesma organização desencadeará uma série de assassinatos políticos, sendo vítimas do processo, tanto Cunha e Sá, gestor em Sacavém, em 6 de Outubro de 1982, como o director-geral dos serviços prisionais, Castelo Branco, em 15 de Fevereiro de 1986. Começam a ser julgadas em 3 de Outubro de 1986. Otelo, provado autor moral dos actos terroristas, acaba condenado a 15 anos de prisão em 20 de Maio de 1987, sendo, depois, agraciado com a libertação.

Soares Carneiro aceita a candidatura presidencial da AD (25 de Abril).

Voltar início

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: