1980
 

Janeiro
Carter pressiona Moscovo

 

 

 

 

Preço recorde do ouro (21 de Janeiro)

A Itália assume a presidência do Conselho das Comunidades Europeias (1 de Janeiro).

Kurt Waldheim não consegue, em Teerão, a libertação dos reféns norte-americanos (1 a 4 de Janeiro)

Embaixada russa assaltada em Teerão (1 de Janeiro)

Senado norte-americano recusa examinar Salt II (3 de Janeiro)

Carter declara embargo de trigo destinado à URSS e apela ao boicote dos Jogos Olímpicos de Moscovo (4 de Janeiro)

Índia: Partido do Congresso, de Indira Gandhi, obtém a maioria absoluta na Índia, com 43% (3 e 6 de Janeiro). O partido Janata teve várias dissidências, voltando ao poder a velha senhora que, depois de estar 33 meses na oposição, vai enredar-se numa espiral de concentracionarismo e corrupção.

Decretado o desterro de Sakharov (22 de Janeiro)

 

 

Governo nº 115 I Governo da AD, de Francisco Sá Carneiro (3 de Janeiro), VII Governo Constitucional. Com a participação de Diogo Freitas do Amaral (vice-primeiro ministro e dos negócios estrangeiros).

Entre os ministros: Francisco Pinto Balsemão (adjunto do primeiro-ministro), Amaro da Costa (defesa nacional), Eurico de Melo (administração interna), Mário Raposo (justiça), Aníbal Cavaco Silva (finanças e plano), Vítor Pereira Crespo (educação e ciência), Eusébio Marques de Carvalho (trabalho), João António Morais Leitão (assuntos sociais), Cardoso e Cunha (agricultura e pescas), Basílio Horta (comércio e turismo), Álvaro Barreto (indústria e energia), João Lopes Porto (habitação e obras públicas) e Viana Baptista (transportes e comunicações).

Tensões no PS – Reunião da Comissão Nacional do PS, com forte tensão entre Mário Soares e um grupo constituído por Francisco Salgado Zenha, António Guterres e Jorge Sampaio e a maioria do Secretariado Nacional (20 de Janeiro).

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

 

 

Voltar início

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: