1953
 

Maio
Gaullistas contra o exército europeu

 

 

França: de Gaulle dá liberdade aos eleitos do RPR para colaborarem com a IV República; forma-se então o grupo dos republicanos sociais (6 de Maio)

Queda do governo Mayer, em França; gaullistas opõem-se ao exército europeu; crise governamental durante 40 dias (21 de Maio)

Sai o primeiro número do jornal L’Express, de J. J. Servant-Schreiber, tendo como objectivo o apoio a Pierre Mendes-France

A ofensiva comunista no Vietname é detida, mantendo-se o governo do imperador Bao Dai* no Sul, apoiado por franceses e norte-americanos. Segundo Foster Dulles, se caísse a Indochina gerar-se-ia um efeito dominó com terríveis efeitos no mundo livre (7 de Maio)

Abertura do mercado comum do aço (1 de Maio)

Criada a Resistência Republicana e Socialista, em torno de Manuel Mendes, Fernando Piteira Santos, Gustavo Soromenho, Ramos da Costa e Mário Soares. Trata-se de mero grupo de reflexão política que começa por designar-se apenas como Resistência Republicana

Campanha eleitoral das oposições – Em Maio, esboça-se uma chamada oposição nacionalista que pretende concorrer em Aveiro, mas acaba por desistir, enquanto Ramada Curto abandona o PS. Sessão oposicionista no Centro Escolar Republicano Dr. António José de Almeida.

 

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: