1954
 

Novembro
Começa a guerra de Argélia

 


 

Na Argélia, começa a guerra, na noite de 31 de Outubro para 1 de Novembro de 1954, depois de uma sublevação generalizada a cerca de 70 cidades. A oposição nacionalista abandonava a via da luta eleitoral, conforme fora protagonizada pelo Partido do Povo Argelino, fundado em 1937, pelo Movimento para o Triunfo das Liberdades Democráticas, de Messali Hadj, que se lhe seguiu e concorreu às eleições de 1948 e1951. A ala armada deste movimento, a Organização Especial (OS), depois de constituir um Comité Revolucionário para a Unidade e a Acção, vai transformar-se, nesse mesmo mês de Novembro de 1954, na Frente de Libertação Nacional, que dirige a luta, sob a liderança de Ben Bella, refugiado no Cairo. Também estava fora da rebelião a União Democrática do Manifesto Argelino, dirigida por Ferhat Abbas.

Monnet anuncia não renovar o mandato como Presidente da CECA (10 de Novembro)

 

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: