1960
 

Junho
Independência do Congo e do Mali e secessão do Katanga

 

 

De Gaulle propõe uma Argélia argelina ligada à França (14 Junho)

Moisés Tshombé declara a independência do Katanga e acelera a guerra civil (11 de Junho)

Independência do ex-Congo Belga (30 de Junho) Em 24 de Junho de 1960, Patrice Lumumba torna-se o primeiro presidente do conselho do país

Independência do Mali (20 de Junho)

Designada a cidade de Florença para instalar a sede da Universidade Europeia (21 de Junho)

A Comissão propõe ao Conselho a instauração de uma política agrícola comum, conforme projectos elaborados pelo Vice-Presidente Sicco Mansholt*, antigo ministro holandês da agricultura (30 de Junho)

Dá-se a revolta de Mueda em Moçambique (16 de Junho) e surge uma Frente Revolucionária Africana para a Independência Nacional das Colónias Portuguesas. Entre os fundadores da Frente, Mário Pinto de Andrade, Lúcio Lara e Viriato Cruz, do MPLA, Amílcar Cabral, do PAIGC, e Hugo de Meneses, do MAC (Março).

Prisão de Agostinho Neto em Luanda (8 de Junho), seguindo-se várias manifestações de protesto que são violentamente reprimidas. A Amnistia Internacional há-de considerá-lo o prisioneiro político do ano. Transferido para Lisboa em 8 de Agosto de 1960, é depois deportado para Cabo Verde e enviado novamente para Lisboa, em 17 de Outubro de 1961, para a cadeia do Aljube. Mal é posto em residência fixa, evade-se em Julho de 1962. Joaquim Pinto de Andrade, preso em Luanda, é transferido para a cadeia do Aljube, em Lisboa. Libertado em 8 de Novembro seguinte (4 de Julho).

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

 

 

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: