Ver index da Biografia do Pensamento Político

 

 

Cabaço, António Vaz

Alegações de Direito   1579

Cabet, Étienne

Um regime transitório de ineegalité décroissante e de égalité progressive visando a passagem para a égalité parfaite ou illimitée, marcado pela propriedade comum, onde    tout est à tous

1788-1856

Voyage en Icarie  1839
 

Cáceres, Lourenço de  

1490-1531

Sobre os Trabalhos dos Reis  

Caetano, Marcello

O poder político é uma autoridade de domínio, isto é, que impõe a obediência a quantos pertençam à sociedade política, constrangendo‑os à observância das normas jurídicas e quebrando resistências eventuais

1906-1980

Ordem Nova   1926
Manual de Ciência Política e Direito Constitucional 1955

 

Caillois, Roger

O soberano representa a harmonia cósmica e a coesão contra a dissolução e a transgressão

1913-1978

Le Mythe et L'Homme 1938
 

Caldeira , Eduardo

Sec. XVI

 

 

Calhoun, John C.

A power has risen up in the government greater than the people themselves, consisting of many and various and powerful interests, combined into one mass, and held together by the cohesive power of the vast surplus in the banks.

1782-1850

A Disquisition on Government 1853

Calvino

La pire des pestes est la raison humaine

1509-1564

Christianae Religionis Institutio 1536
 

Campanella, Tommaso

O amor deve combater e vencer todas as formas de divisão, de dispersão, de oposição. A humanidade deve formar uma monarquia universal, governada por um chefe único, simultaneamente rei e sacerdote

1568-1639

Monarchia di Spagna   1593
Cidade do Sol 1602
 

Campos, Fernando

1891-1958 Os Nossos Mestres ou o Breviário da Contra-Revolução 1924

Campos, Francisco

O Estado Nacional 1940

Camus, Albert

A revolução é a inserção da ideia  na experiência histórica,              representa uma tentativa de modelar o acto sobre uma ideia, de moldar o mundo dentro de um caixilho teórico

1913-1960

L’Homme Revolté 1951

Cândido, António Ribeiro da Costa

 

A abstenção eleitoral é cada vez mais importante pelo número e pela qualidade dos que se abstêm. Os costumes públicos descem, baixam a olhos vistos. O desalento e a indiferença invadem e vencem quase toda a gente...

1850-1922

Princípios e Questões de Philosofia Política 1878-1881

Cândido da Silva, Jacinto

1857-1926 A Doutrina Nacionalista 1909

Caneca, Frei Joaquim do Amor Divino e

S.M. está tão persuadido, que a única atribuição que tem sobre os povos, é esta do poder da força, a que chamam outros a última razão do Estado, que nos manda jurar o projeto com um bloqueio à vista, fazendo-nos todas as hostilidades

1774-1825

 

Obras Políticas e Literárias 1875

Cánovas del Castillo, Antonio

La historia me ha llevado a la politica

1828-1897

 

Problemas Contemporáneos 1884
 

Cardia, Mário Sottomayor

1941-2006

Sobre o Antimarxismo Contestatário 1972
 

Cardoso, Fernando Henrique

Se esquerda significa ser contra a ordem social existente, e direita a favor, a social-democracia é sem dúvida uma corrente de esquerda

1931-

Dependencia y Desarrollo en America Latina 1967
 

Carlyle, Thomas

O heróis são guias da humanidade, os criadores de quanto a grande multidão dos homens levou a cabo e conseguiu.

1795-1881

Heroes (On), Hero-worship and Heroic in History   1841
 

Carnap, Rudolf

1891-1970  Des Logische Aufbau der Welt 1923
Círculo de Viena 1929
 

Carnegie, Andrew

1835-1919    
 

Carneiro, Manuel Borges

Nós estamos em uma regeneração e é preciso que a Nação toda se regenere e que o despotismo vá para baixo

1774-1833

Portugal Regenerado em 1820 1820
 

Carr, Edward Hallet

1892-1992

Twenty (The) Year’s Crisis 1939
 

Carrel, Alexis

 

Os seres humanos são iguais. Mas os indivíduos não o são. É o mito da igualdade, o amor pelo símbolo, o desdém pelo concreto que, em larga medida, é culpado pelo enfraquecimento do indivíduo

1873-1944 L'Homme, cet Inconnu 1936
 

Carvalho, Joaquim de

1892-1958

 

Compleição do Patriotismo Português 1953
 

Carvalho, Joaquim Martins de

1822-1898

Apontamentos para a História Contemporânea 1868
 

Carvalho, José Liberato Freire de

A Constituição de 1820 é a filha do povo, e o povo abraçava a filha que lhe tinham roubado

  Memórias da Vida de José Liberato Freire de Carvalho 1855

Casal Ribeiro, José Maria do

1825-1896

Hoje não é Hontem 1848
 

Casas, Bartolomeu de las

O rei não é senhor dos bens de cada qual nem pode, ainda que lhe segredem os seus validos palatinos, entrar pelas casas e herdades dos seus cidadãos e tomar ou deixar aquilo que lhes aprouver

Brevissima Relación de la Destrucción de las Indias 1542
 

Cassirer, Ernst

 

O homem vive nas palavras da linguagem, nas imagens da poesia e das artes plásticas, nas formas da música, nos quadros forjados pela imaginação e pela fé religiosa. Porque necessita de representar  imaginariamente algo que não existe para poder passar da possibilidade à realidade, da potência ao acto

1874-1945

 

The Myth of State 1946

Castelo Branco, Camilo

Quando compreendi que o sacrifício dos meus interesses políticos ao partido legitimista nada lhe aproveitavam, ao passo que me faziam a mim o mais grave prejuízo, resolvi, sem desonra, ser empregado...

1825-1890

 

Queda (A) de um Anjo 1866
 

Castex, Raoul

Théories Stratégiques 1929-1939

Castilho, António Feliciano de

Eleições de facção. Eleições de dependência. Eleições de compra, ou de compadria. Eleições sem cor, ao menos, de verosimilhança ou possibilidade. Eleições sem eleição. Eleições verdadeiramente fabricadas nas trevas, e para trevas. Comédia, que seria para rir, se não fosse para chorar, e mais vã cem vezes que as dos tablados, pois que aí, ao menos, se o actor não é a personagem que representa, aparece falando acertadamente como ela, e advogando nos termos próprios os seus interesses (1849)

1800-1875

 

A Felicidade pela Agricultura 1849
 

Castro, Damião A. L. Faria de

1715-1789

Política Moral e Civil 1749
 

Castro, Fernando Alvia de 

  Verdadera Razón de Estado 1616
 

Castro, Gabriel Pereira de

1571-1632

De manu regia 1622
 

Castro, José da Gama e

Todos os governos possíveis são ou relativamente bons ou relativamente máos conforme as circunstâncias da nação a que se applicão; mas o único bom para huma nação determinada he aquelle que resulta da história, isto he, da experiência dessa nação

1795-1873

Novo (O) Príncipe 1841
 

Castro, Josué de 

1908-1973

Geografia da Fome 1946
 

Castro, Joaquim P. Pimenta de

1846-1918

Remédios para os Males Pátrios 1908
 

Cathrein, Viktor

1845-1931

 

Recht, Naturrecht und positives Recht

 
1901
 

Cecil, Lord Hugh  

1869-1956

Conservatism 1912

Chamberlain, Houston Stewart

Nothing is absolute in the world; even freedom and non-freedom denote only two directions, and neither the individual nor the nation can stand alone and perfectly independent; they surely belong to a whole, in which every unit supports and is supported.

1855-1927

 

Grundlagen (Die) des 19. Jaharhunderts 1899

Chardin, Pierre Teilhard de

Na própria medida em que se encontrem reunidos uns contra os outros, os elementos pensantes que todos nós somos multiplicam incontestavelmente, por um mecanismo de inter-reflexão, o seu poder de reflexão individual.

1881-1955

Le Phénomène Humain 1955

Chateaubriand, François-René de 

 

O Estado não é um mero conceito, mas antes uma ideia dinâmica

1768-1848

La Monarchie selon la Charte 1816

Chesterton, Gilbert Keith

O orientalismo é centrípeto, constituindo um círculo fechado que nunca pode expandir-se, enquanto o ocidentalismo é centrífugo, como os braços da cruz abertos aos quatro ventos

1874-1936

 

Orthodoxy 1908
 

Chipman, Nathaniel

  Principles of Government 1833

Chomsky, Noam Avram

 

Todos os participantes activos nas questões mundiais sempre proclamaram que apenas andam à procura da paz e que preferem as negociações à violência e à coerção - até mesmo Hitler; mas, quando se levanta esse véu, é comum perceber que a diplomacia é entendida como um disfarce para o império da força

1928

Deterring Democracy 1992

Cícero Marco Túlio 

Das leis, todos somos escravos, para que possamos ser livres (legibus omnes servi sumus, ut liberi esse possimus)

106-43 A.C.

De Republica 55 a.C.
De Legibus 52 a.C.
 

Clastres, Pierre  

 

Se nas sociedades com Estado a palavra é o direito do poder, nas sociedades sem Estado, pelo contrário, a palavra é o dever do poder. Ou, por outras palavras, as sociedades índias não reconhecem ao chefe o direito à palavra porque ele é o chefe: exigem do homem destinado a ser chefe que ele prove o seu domínio sobre as palavras. Falar é, para o chefe, uma obrigação imperativa, a tribo quer ouvi‑lo: um chefe silencioso já não é chefe.

1934-1977

La Societé contre l'État 1974
 

Clausewitz, Karl Von

A guerra não é senão a continuação das relações políticas pelo recurso a outros meios.

1780-1831

Vom Kriege 1832
 

Cline, Ray Steiner  

 

A estrategia nacional é a parcela de elaboração da decisão política que conceptualiza e estabelece metas e objectivos designados para proteger e realçar os interesses nacionais na esfera internacional

1918-1996

World Power Assessment 1975
 

Clootz, Anacharsis

Por uma República dos Homens, dos Irmãos, dos Universais

1755-1794

La République du Genre Humain 1793
 

Cohen, Saul Bernard

  Geography and Politics in a Divided World 1964

Coimbra, Leonardo

A democracia é o império racional e consentido da lei, em vez do domínio violento e irracional de qualquer caprichoso imperialismo individual ou de grupo, e como o governo da maioria por intermédio dos seus representantes directamente escolhidos, onde a pedra angular é o valor social da maioria

1883-1936

O Pensamento Criacionista 1915

Colbert, Jean-Baptiste

Pour augmenter les cents cinquante millions que roulent dans le public, de vingt, trente, soixante millioins, il faut bien qu'on le prenne aux États voisins.

1619-1683

   
 

Cole, George Douglas Howard

 

Por um acordo entre a ciência social e política e a filosofia social e política

1889-1959

Self Government and Industry 1917 
 

Coleman, James

  The Politics of Developing Areas   1960

Coleridge, Samuel Taylor

A grande maioria dos homens vive como morcegos na penumbra e só conhecem e percebem a filosofia do seu tempo por reflexões e refracções

1772-1834

The States’man Manual 1816
 

Collaço João Maria Telo de Magalhães

1893-1931

  Ensaio sobre a inconstitucionalidade das leis no direito português 1915
 

Collingwood, Robin George

All history is the history of thought

1899-1943

The Idea of History 1946
 

Comenius

Somos todos cidadão de um só mundo, nascemos todos do mesmo sangue.Odiar um homem porque ele nasceu noutro país, porque ele fala outra língua ou porque tem outra opinião neste ou naquele assunto é uma grande loucura.

1592-1670

Didáctica Magna 1628

Comte, Auguste  

Os sábios devem elevar a política à categoria de ciências de observação... O Amor por princípio, a Ordem por base e o Progresso por fim

1798-1857

Prospectus de Travaux Scientifiques Nécéssaires pour Réorganizer la Societé 1822
Cours de Philosophie Positive (IV vol., onde se consagra a expressão sociologia) 1839
Appel aux Conservateurs 1855
Catecismo Positivista 1848

Condillac, Étienne Bonnot de Mably

 

Une chose n'a pas une valeur parce qu'elle coûte, comme on le suppose, mais elle coûte parce qu'elle a une valeur

1715-1780

Essai sur l’Origine des Connaissances Humaines 1746

Condorcet

A única obrigação social consiste em obedecer à razão colectiva da maioria; à razão, digo, e não à vontade

1743-1794

  

Esquisse d’un Tableau Historique des Progrès de l’Esprit Humain 1793
 

Considerant Victor Prosper

Voulez-vous connaître et apprécier la civilisation dans laquelle nous vivons ? Montez sur le clocher du village ou sur les tours de Notre-Dame. D'abord c'est un spectacle de désordre qui va frapper vos yeux… Les grandes villes, et Paris surtout, sont de tristes spectacles à voir ainsi, pour quiconque a l'idée de l'ordre et de l'harmonie, pour quiconque pense à l'anarchie sociale que traduit en relief, avec une hideuse fidélité cet amas informe, ce fouillis de maisons…qui dessinent encore mieux l'incohérence sociale, le Morcellement d'où ce chaos architectural est sorti…

1808-1893

La Dernière Guerre et la Paix Définitive en Europe 1850
 

Constâncio, Francisco Solano

1777-1846

 

O Observador Lusitano em Paris 1815

Constant, Benjamin

Os revolucionários para construir o edifício começaram por pulverizar os materiais que deviam utilizar, esquecendo que a variedade é a organização; a uniformidade é o mecanismo. A variedade é a vida; a uniformidade é a morte.

1767-1830

Esprit (De l’) de Conquête et del'Usurpation 1814
Principes de Politique 1815
Liberté (De la) des Anciens Comparée àcelle des Modernes 1815
 

Cooley, Charles Horton 

1864-1929 Human Nature and Social Order 1902
 

Cooper James Fenimore

1789-1851 The American Democrat 1838

Corção, Gustavo

Um povo só pode ser feliz quando pode ser pobre, alegremente pobre, tranquilamente pobre. Ou melhor, um povo só pode ser feliz quando pode libertar-se dentro da pobreza.

1896-1978

 

O Desencanto do Mundo. O Século do Nada 1974

Cordeiro, Luciano

1844-1900

Questões Africanas 1880
 

Coronel ,Gregório Nunes

Sec. XVI

De Optimu Reipublicae Statu 1597
 

Correia, Luís

Alegações de Direito 1579
 

Correia Teles, José Homem

1780-1849

Digesto Portuguez 1835

Cortesão, Jaime

Um governo autoritário, que vive à custa do silêncio dos adversários e nega os direitos do cidadão pode impor-se num país de escravos, nunca a um povo que teve de lutar com extremos de bravura para fundar a sua independência e expandir-se no mundo. Nada de um português do velho cerne pode perdoar do que reduzirem-nos à condição de menor.

1884-1960

 

Factores (Os) Democráticos na Formaçãoe Portugal

1929
 

Costa Lobo, António de Sousa Silva  

1840-1913

Estado (O) e a Liberdade de Associação   1864

Costa, Afonso

Se quiserem fazer eleições com analfabetos, façam-nas os senhores, porque eu quero fazê-las com votos conscientes… Indivíduos que não sabem os confins da sua paróquia, que não têm ideias nítidas e exactas de coisa nenhuma, nem de nenhuma pessoa, não devem ir à urna, para não se dizer que foi com carneiros que confirmámos a república (1913)

1871-1937

 

A Egreja e a Questão Social 1895
 

Costa, Joaquín

A forma de governo em Espanha é uma monarquia absoluta cujo rei é sua majestade o cacique... Não há parlamento nem partidos; só há oligarquias

1846-1911

Oligarquia y Caciquismo 1901

Coudenhove-Kalergi, Richard 

1894-1972

Paneuropa 1923
 

Coulanges, Numa Dennis Fustel de 

A cidade antiga foi fundada sobre uma religião e instituída como uma Igreja, tendo omnipotência e poder absoluto.

1830- 1889

Cité (La) Antique 1864
 

Courtet, Victor

Selon moi, l’émancipation des races inférieures n’aura jamais pour effet de les mettre sur un pied complet d’égalité avec les races supérieures ; et c’est par la prévision de l’inégalité qui pèsera toujours sur les premières, que je crois que le législateur doit d’avance porter ses vues, non pas en deçà de l’abolition, mais au delà.

1813-1867

La Science Politique Fondée sur la Science de l'Homme 1836

Cousin, Victor

A verdadeira igualdade consiste em tratar desigualmente os seres desiguais.

Du Vrai, du Beau e du Bien 1837

 

Cox, Robert

1926- Production, Power and World Order 1987
 

Crick, Bernard

In Defence of Politics 1964

Croce, Benedetto

O Estado não é simples relação utilitária, síntese de força e consentimento, de autoridade e liberdade, mas encarnação do ethos humano e, portanto, Estado Ético ou, como dizem outros, Estado de Cultura

1866-1952

 

Filosofia dell’Economia 1907
 

Crosland, Charles Anthony

1918-1977

The Future of Socialism 1956
 

Crossman, Richard Howard Stafford 

A propaganda depende amplamente, para o seu sucesso, de confundir o significado dos vocábulos

1907

Government and the Governed 1958
 

Crozier, Michel

A política é uma jogo de competição que se exerce numa ordem definida como o conjunto de regras destinado a codificar a competição

1922- 

L'Acteur et le Systéme 1977
 

Cumberland, Richard

It is better to wear out than to rust out.

1632-1719

De Legibus Naturae, Disquisitio Philosophica 1672
 

Cunha, D. Luís da

 

...foi preciso que as tais manufacturas caíssem, porque os chamados cristãos-novos os sustentavam e os seus obreiros que nelas trabalhavam eram em grande número, foi necessário que se espalhassem e fossem viver em outras partes e tomassem outros ofícios para ganharem o seu pão, porque ninguém se quis deixar morrer de fome.

1662-1749

Testamento Político 1747

Cusa, Nicolau de

O indivíduo inconsciente de sua ignorância limita-se a repisar fórmulas sem vida; adere cegamente à tradição de sua escola, (...), só por saber falar como outros costumam falar, embora faleça da menor vivência do verdadeiro sentido das fórmulas que emprega (…).As ciências inventadas com vias às disputações escolásticas e outras formas de logomaquia visam apenas vitórias verbais; enchem-se de vaidade e distanciam-se daquela outra ciência que corre em busca de ( ...) nossa verdadeira paz

1401-1450

 

Apologia Doctae Ignorantia 1440

 

 

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: 05-03-2009