Ver index da Biografia do Pensamento Político

 

 

Mably, Abade de

 

Les princes sont les administrateurs, et non pas les maîtres des nations

1709-1785

Droit public de l'Europe fondé sur les traités 1748
 

Macarel, Louis Antoine

1790-1851

Élements de Droit Politique 1833
 

Macedo, Ubiratan Borges

1937

A Ideia de Liberdade no século XIX 1977
 

Macedo, António de Sousa de

1606-1682

Arte de Furtar 1643
 

Macedo, Duarte Ribeiro de  

1618-1680

Discurso sobre a Introdução das Artes 1675
 

Macedo, Frei Francisco de Santo Agostinho de

1596-1681

Philippica Portuguesa contra la Invectiva Castellana 1645

Macedo, José Agostinho de

Trabalhar o cacete, desandar o bordão, descarregar o arrocho, são axiomas eternos e invariáveis da justiça

1761-1831

Refutação dos princípios metaphysicos e moraes dos pedreiros livres iluminados 1816
 

Maciver, Robert Morrisom

 

When you educate a man you educate an individual; when you educate a woman you educate a whole family

1882-1970

 

Community, a Sociological Heritage 1917

MacKinder, Halford John

The great wars of history...are the outcome, direct or indirect, of the unequal growth of nations

1869-1947

The Geographical Pivot of History

1904
Democratic Ideals and Reality 1919
The Round World and the Winning of Peace 1943
 

MacLuhan, Marshall  

 

The medium is the message...

1911-1980

The Galaxy Gutenberg 1962
 

Macpherson, Crawford Brough

O individualismo possessivo é uma concepção do indivíduo visto essencialmente como o proprietário da sua própria pessoa e capacidades, não pertencendo nenhuma delas à sociedade

1911-

 

The Political Theory of Possessive Individualism 1962
Democratic Theory 1973
 

Madison, James

 

If men were angels, no government would be necessary

1751-1836 

 

Federalist Papers 1787
 

Maetzu, Ramiro

 

É insuficiente o patriotismo que se refere apenas à terra ou aos companheiros, embora deva ser estimulado dentro do possível... O que forma a pátria única, é um nexo, uma comunidade espiritual que se torna, ao mesmo tempo, um valor na história do mundo

1874-1936

Defensa de la Hispanidad 1934

Maeterlinck, Maurice

L'intelligence est la faculté à l'aide de laquelle nous comprenons finalement que tout est incompréhensible

1862-1949

Une Révolution dans la Paix 1937
 

Mahan, Alfred Thayer

 

Tactics, using as its instruments the weapons made by man, shares in the change and progress of the race from generation to generation. From time to time the superstructure of tactics has to be altered or wholly torn down; but the old foundations of strategy so far remain, as though laid upon a rock

1840-1914 Influence (The) of Sea Power upon History. 1660-1783 1890
 

Maimónides

 

Dá um peixe a um homem e dás-lhe comida  para um dia; ensina um homem a pescar e dás-lhe comida  para toda a vida

1135-1204

  Image:Islam.PNG

Guia dos Perplexos. O Homem Perante Deus  
 

Maine, Henry Sumner

A base do político é a contiguidade territorial e não a comunidade de sangue

1822-1888 Ancient Law, its connection with the early history of society and its relation to modern ideas 1861
 

Mair, Lucy

 

Não existe nenhuma sociedade em que as regras sejam efectivamente cumpridas

1901-1986

Primitive Government 1962
 

Maistre, Joseph de

Nous ne voulons pas la contre-révolution, mais le contraire de la révolution

1753-1821

 

Essai sur le Principe Générateur des  Constitutions Politiques 1809

Pape (Du)

1819
 

Maitland, F. W.

 

The essential matter of history is not what happened but what people thought or said about it

1850-1906

History of English Law 1895
 

Malaparte, Curzio

 

A ditadura é a forma mais completa do ciúme

1898-1957  Technique du Coup d'État 1931
 

Malberg, Carré de

O Estado tem um poderio ( une puissance) que não deriva de nenhum outro poder( pouvoir) e que não pode ser igualizado por nenhum outro poder

1861-1935

Contribution à la Théorie Genérale de l’Etat 1920
 

Malinowski, Bronislaw

 

Magic is akin to science in that it always has a definite aim intimately associated with human instincts, needs, and pursuits. The magic art is directed towards the attainment of practical aims. Like other arts and crafts, it is also governed by a theory, by a system of principles which dictate the manner in which the act has to be performed in order to be effective

1884-1942

Argonauts of the Western Pacific 1922
 

Malraux André

 

Le pouvoir doit se définir par la possibilité d'en abuser

1901-1976

La Tentation de l’Occident 1926
 

Malthus, Thomas Robert

Population, when unchecked, increases in a geometrical ratio

1766-1834

An Essay on the Principle of Population 1798
 

Man, Henri de

A luta de classes só tem sentido se transferida do plano económico para o plano ético

1883-1953

 

Psychologie (Zur)des Sozialismus 1922
 

Mann, Michael

1942- The Sources of Social Power 1986
 

Mancini, Pasquale S.

A consciência nacional é o grande princípio unificador da nação

1817-1889

Della Nazionalitá come Fondamento del Diritto delle Genti 1851
 

Mandeville, Bernard

Private vices are public benefits.

1670-1733

Fable of Beas, or Private Vice, Publick Benefits 1705
 

Mannheim, Karl

 

As ideologias são as ideias que transcendem a situação e que nunca conseguiram realizar efectivamente o seu conteúdo virtual

1893-1947

Ideologie und Utopie  1926
 

Manning, Cardeal

A habit of devout fellowship with God is the spring of all our life, and the strength of it.

1808-1892

The Dignity and the Rights of Labour 1889

Mao Tsetung

Um revolucionário não pode ser um humanista

1893-1976

Problemas Estratégicos da Guerra Revolucionária na China 1936

Maquiavel

O Homem não faz o bem a não ser quando é pressionado pela necessidade

1469-1527

Il Principe  
Discorsi  

Marcel, Gabriel

É preciso reconquistar certa metafísica do conhecimento que na Idade Média teve a forma de uma mística envolta em mistério e respeito

1889-1973

Être et avoir 1935

Marco Aurélio

A perfeição traz consigo que se viva cada dia como se fosse o último

121-180

Pensamentos  

Marcuse, Herbert

A sociedade industrial possui instrumentos para transformar o metafísico em físico, o interior em exterior, as aventuras da mente em aventuras tecnológicas

1898-1979

 

Eros and Civilization 1953
One-dimensional Man 1964
 

Mariana, Juan de

 

A própria natureza e origem do poder real mostram que o rei não é senhor dos bens de cada qual nem pode, ainda que lhe segredem os seus validos palatinos, entrar pelas casas e herdades dos seus cidadãos e tomar ou deixar aquilo que lhes aprouver

1537-1624

Rege (De) et Regis Institutione 1559

Marinetti 

Manifesto Futurista 1909 
 

Maritain, Jacques

The state is for man, not the man for the state

1882-1973

Humanisme Intégral 1936
Man and the Sate 1949
 

Marnoco e Sousa, José Ferreira

O Estado não pode assistir de braços cruzados às cruentas batalhas da concorrência social, permitindo a glorificação dos fortes e a exploração dos fracos, esmagados sob o peso da economia capitalista

1869-1916

 

História das Instituições do Direito Romano, Peninsular e Português 1904

Marreca, António de Oliveira

1805-1889

 

Noções Elementares d’ Economia Política 1838

Marshall, Alfred

 

Economics has as its purpose firstly to acquire knowledge for its own sake, and secondly to throw light on practical issues. But though we are bound, before entering on any study, to consider carefully what are its uses, we should not plan out our work with direct reference to them

 

1842-1924 

Principles of Political Economy 1889
 

Martens Ferrão (João Baptista da Silva Ferrão de Carvalho Martens)

1854
 

Martínez Marina Francisco

Las Cortes no solamente labraron los fundamentos de la gloria y felicidad de la república, también su política, prudencia y sabiduría se extendió a consolidar el grandioso edificio que habían levantado y a sostenerle tantas veces como se vio combatido de furiosas tempestades y expuesto a los mayores riesgos y peligros. El augusto congreso nacional fue en todas ocasiones el puerto de refugio y de seguridad donde se guareció la nave de Castilla.

1754-1833

Teoría de las Cortes e Grandes Juntas Nacionales de los Reinos de León y Castilla 1813
 

Martini, Karl Anton von

 

Ou como o josefinismo austríaco influencia o pombalismo português

1726-1800

 

Positiones de iure civitatis 1768
 

Martins, Francisco José da Rocha

Os partidos monárquicos, ao fraccionarem-se, tinham aberto o reduto aos republicanos; sem as dissidências, a ambição de chefias, a estúpida vaidade de dirigir, a Monarquia teria vivido. Os republicanos, esquecidos da origem da sua vitória, lançam-se na mesma via. Faltava-lhes o ideal, o amor às instituições, à República. Só o povo a amava e desejava salvá-la. Acreditava em todos os elixires como, ante as doenças de pessoas queridas, em última extremidade, se chamam nigromantes, endireitas, medicastrois e mulheres de virtude. A hora é melindrosa, em demasia

1879-1952

 

Vermelhos, Brancos e Azuis 1948

Martins, Joaquim Pedro de Oliveira

Os radicais hão-de condená-lo como herético, os conservadores repeli-lo como inoportuno, os ultramontanos fulminá-lo como perverso

1845-1894 

Teoria do Socialismo 1872
Portugal Contemporâneo 1881

Marx, Karl

De cada um segundo as suas capacidades, a cada um segundo as suas necessidades

1818-1883

 

Manuscritos de Economia Política e de Filosofia 1844
Manifesto do Partido Comunista 1848
 

Massis, Henri

  Defesa do Ocidente 1927

Maurras, Charle-Marie-Pothius

On démontre la nécessité de la Monarchie comme un théorème

1868-1952

Enquête sur la Monarchie 1900

Mauss Marcel

As classes e as nações assim como os indivíduos devem saber opor‑se sem se massacrar e dar‑se sem se sacrificar uns aos outros

1872-1950 

L'Année Sociologique 1898
Esquisse d'une Théorie Générale de la Magie 1901

Mazarin, Jules

 

Quando um partido é numeroso, mesmo se a ele não pertences, não fales mal dele... Se te queres vingar, utiliza um terceiro, ou age em segredo...os amigos não existem, há apenas pessoas que fingem amizade...O centro vale mais do que os extremos

1602-1661

Breviário dos Políticos  

Mazzini, Guiseppe

 

A federação dos povos livres apagará a divisão dos Estados, querida, fomentada pelos déspotas, e deste modo desaparecerão as rivalidades de raças e se consolidarão as nacionalidades tais como as querem o direito e as necessidades locais

1805-1872

 

Jovem Itália 1831
Jovem Europa 1834

McNamara, Robert

A segurança é o desenvolvimento e sem desenvolvimento não há segurança

1916- 

The Essence of Security 1968

Mead, George Herbert

The social organism is not an organic individual, but a social group of individual organisms

1863-1931 Mind, Self and Society

 

1946
 

Medeiros, João Jacinto Tavares de

1844-1903

 

Estudos da Sciencia Política. Teoria do Estado 1892

Meinecke, Friedrich

O historicismo suscitou um relativismo que considera toda a formação histórica individual, toda a instituição, toda a ideia e toda a ideologia somente como momento transitório no curso infinito do devir

1862-1954

Die Idee der Staatsraison in der neuren Geschichte 1924
 

Melo Freire dos Reis, Pascoal José de

 

O chamado pacto social é um ente suposto que só existe na imaginação alambicada de alguns filósofos

1738-1798

Novo Código de Direito Público 1789
 

Melo, D. Francisco Manuel de

A Política entende sobre o governo das Cidades, Reinos e Impérios mas de tal maneira, que a economia requer Política, e a Política Económica; porque o Reino é casa grande, e a casa reino pequeno; e a ética necessita da Política, e da economia, porque o homem é um mundo inteiro

1608-1666

Política Militar 1638
 

Menchaca, Fernando Vasquez de

Utile, id quod libet

1512-1568

Controversiarium illustrium aliarumque usu frequentium 1595
 

Mendes, Manuel da Silva

1867-1931

Socialismo Libertário ou Anarquismo 1896
 

Meneses, Sebastião César de

 

Os Reys não foram criados, & ordenados para sua utilidade, & proveito, senão em benefício & prol do Reyno

m.1672

Summa Política  1649
 

Menezes, Djacir Lima

 

 

1907

Ideias contra Ideologias 1971

Menger, Carl

As tentativas que visam explicar os fenómenos sociais não são válidas senão assentarem em hipóteses ou em factos que digam respeito aos indivíduos

1840-1921

Untersuchungen uber die Methode der Sozialwissenschaften 1883
 

Menochius, J. S.

1576-1655 

Hieropolitica 1626
 

Mercier, Desiré-Joseph

 

 

1851-1926

 

Côde de Malines 1927

Merêa, Manuel Paulo

O carácter democrático português resulta de um substracto psicológico das nações ibéricas, um fundo latente mas perenemente vigoroso, cujas energias estão sempre prontas a reagir, ainda mesmo nas épocas que se caracterizam exteriormente por uma atitude apática de submissão

1889-1977

Idealismo e Direito 1910

Merleau-Ponty, Maurice

 

O que é grave e ameaça a civilização não é matar um homem por causa das suas ideias (tal faz-se muitas vezes em tempo de guerra), é fazê-lo sem o confessar e sem o dizer, colocando sobre a justiça revolucionária o disfarce do código penal. Porque, escondendo a violência, acostumamo-nos a ela e tornamo-la institucional.

1908-1961

Humanisme et Terreur 1947
 

Mermet, Guy

Democratura  
 

Merquior José Guilherme

 

No epílogo das cinco estações entre o verão setentrional de 1989 – a chamada “revolução de 1789–eo aprofundamento da crise do Leste europeu, a que se veio somar o conflito do Golfo, a fermentação política desse inquietante virar-a-década soa como um desmentido brutal à tese do ex-diretor-adjunto de planejamento no  Departamento de Estado, Francis Fukuyama, sobre “o fim da História”. E que desmentido, se considerar a presunção profética desse harvardiano transformado em tecnocrata das relações internacionais! A História continua quente, nem há dúvida – quente, explosiva e imprevisível. Em vez de assistirmos ao seu fim, o que estamos é testemunhando a agonia do historicismo: a morte – já vai tarde! – das arrogantes teorias de uma lógica da História

No epílogo das cinco estações entre o verão setentrional de 1989 – a
chamada “revolução de 1789–eo aprofundamento da crise do Leste euro-
peu, a que se veio somar o conflito do Golfo, a fermentação política desse
inquietante virar-a-década soa como um desmentido brutal à tese do
ex-diretor-adjunto de planejamento no Departamento de Estado, Francis
Fukuyama, sobre “o fim da História”.
E que desmentido, se considerar a presunção profética desse harvardiano
transformado em tecnocrata das relações internacionais! A História continua
quente, nem há dúvida – quente, explosiva e imprevisível. Em vez de assistir-
mos ao seu fim, o que estamos é testemunhando a agonia do historicismo: a
morte – já vai tarde! – das arrogantes teorias de uma lógica da História

 

1941-1991

The Politics of Obedience. The Discourse of Voluntary Servitude 1975
 

Merriam, Charles E.

 

It not infrequently happens that persons without any other special qualification than the drama of their lives are precipitated into important political positions

1876-1953

Present (The) State of the Study of Politics 1921
 

Merton, Robert King

  Social Theory and Social Structure 1949

Metz, Johann Baptist

A dinâmica essencial da História é a memória do sofrimento, como consciência negativa de liberdade futura e como estimulante para agir, no horizonte desta liberdade, de modo a superar o sofrimento

1928

Unterbrechungen. Theologisch-politische Perspektiven und Profile 1981
 

 Meyer,Theodor

1885‑1890

Institutiones iuris naturalis

1885
 

Michelet, Jules

A tirania, na Idade Média, começou pela liberdade. Tudo começa por ela

1798-1874

Le Peuple 1846
 

Michels, Robert  

Os revolucionários de hoje são os reaccionários de amanhã.

1876-1936

Soziologie (Zur) des Parteiwesens 1911
 

Mill, James

A democracia representativa é a grande descoberta dos tempos modernos

1773-1836

Analysis of the Phenomena of the Human Mind 1829

Mill, John Stuart

 

A sociedade pode submeter a distribuição da riqueza às regras que lhe parecerem melhores

1806-1873

Principles of Political Economy   1848
Considerations on Representative Government 1860
Land Tenure Reform Association 1870
 

Millet, Kate

Sexual Politics 1969

Mills, C. Wright

Dominar a teoria e o método equivale a tornar‑se um pensador consciente, um homem que trabalha sabendo quais são os pressupostos e as implicações do que faz. Ser dominado pela teoria e pelo método equivale a nunca poder começar o trabalho

1915-1962

The Power Elite 1956

Milton, John

It being thus manifest that the power of kings and magistrates is nothing else but what is only derivative, transferred, and committed to them in trust from the people to the common good of them all

1608-1674

Areopagitica 1644

Mises, Ludwig Von

O liberalismo não tem flores, nem cores, não tem músicas nem ídolos, não tem símbolos nem slogans. Tem substância e argumentos. Isso conduzi-lo-á à vitória

1881-1973

Kritik des Interventionismus 1929
 

 Mitrany, David

Não asseguraremos a paz no mundo se a organizarmos segundo o que a divide

1888-1975 A Working Peace System 1944
 

Mohl, Robert Von

1799-1875 Die Polizeiwissenschaft 1832

Molina, Luís de  

Há uma lei natural que Deus imprimiu na mente do homem, ordenada para o fim natural da humana felicidade moral e especulativa

1535-1600

De justitia et jure 1539
 

Moltmann, Jürgen

1926- Teologia da Esperança 1964

Moncada, Luís Cabral de

A politização, a tecnificação e a planificação excessivas parecem, com efeito, ter-se tornado nos três maiores "inimigos do homem", do homem contemporâneo

1888-1974 

O Dever da Hora Presente 1937
Problemas de Filosofia Política 1963
 

Monnerot, Jules

O comunismo soviético, como o Islão conquistador, ignora a distinção do político e do religioso e, se aspira simultaneamente ao duplo papel de Estado universal e de doutrina universal, não é, desta vez, no interior de uma civilização de um 'mundo' coexistindo com outras civilizações, com outros 'mundos', mas à escala da Terra.

1909-1995

Sociologie du Communisme 1949

 

Monsaraz, Alberto  

A II República do Estado Novo é a eternização do provisório, é  algo de ilógico, onde reina uma ordem à maneira sepulcral dos cemitérios

1899-1959

Nação Portuguesa   1914
Altura Solar 1945

Montaigne,Michel

Parce que nous ne vivons pas nos maximes, nous maximons notre vie

1533-1592

Essais 1580

Montalembert, Charles René Forbes de

Au nom d'une religion qui a introduit la vraie liberté dans le monde, on me prêche l'arbitraire et l'ancien régime. [...] Mais aujourd'hui je ne désespère pas de trouver des hommes qui comme vous et moi prennent pour mobile de leur conduite Dieu et la liberté (1827)

1810-1870 L'Avenir  
 

Montchrestien, Antoine ou Montchrétien  

1575-1621 Traité d'Économie Politique 1615

Monteiro, Domingos  

Contra a democracia de fachada, para que desapareçam não só os despotismos centrais mas também os despotismos privados, aquela em que a liberdade abstracta se transforme em liberdades concretas, em que a igualdade tenha uma base e um sentido económico, em que a fraternidade não morra como uma ave ferida, nos silveirais das fronteiras

1903

Crise do Idealismo 1932

Montesquieu

La liberté est le droit de faire tout ce que les lois permettent …Dans un État, c'est-à-dire dans une société où il y a des lois, la liberté ne peut consister qu'à pouvoir faire ce que l'on doit vouloir, et à n'être point contraint de faire ce que l'on ne doit pas vouloir

1689-1755

  

Lettres Persanes 1721
Considérations sur les Causes de la Grandeur des Romains et leur Décadence 1734
Esprit(De l’) des Lois 1748
 

More, Thomas

Wisdom and deep intelligence require an honest appreciation of mystery.

1478-1535

De optimo rei publicae statu deque nova insula Utopia 1516
 

Moreira, Guilherme Alves

1861-1922

Instituições de Direito Civil Português 1907
 

Morgan, Lewis Henry

A civitas é uma sociedade política organizada sobre estruturas territoriais que toma em linha de conta tanto as relações de propriedade como as relações que o território estabelece entre as pessoas

1818-1881

Ancient Society  1877
 

Morgenstern, Oskar

1902-1976

Theory of Games and Economic Behavior 1944
 

Morgenthau Hans Joachim

 

Na medida em que a política é, na sua essência, acção, fica definido, com o mesmo tipo de necessidade, um abismo intransponível, uma tensão permanente, entre a política e uma ciência teórica da política... Uma ciência da política tem um objecto que lhe é existencialmente exterior. Ao submeter a política à análise teórica, a “vita contemplativa” está a colocar como seu objecto, a “vita activa”, que é o seu oposto e a sua negação

1905-1980

Scientific Man vs. Power Politics 1946 
Politics among the nations 1948

Morin, Edgar

O que estava antes nos confins da política (os problemas do sentido da vida humana, o desenvolvimento, a vida e a morte dos indivíduos, a vida e a morte da espécie) tende a passar ao centro. Temos, pois, de conceber uma política de responsabilidade planetária.

1921

 

Paradigme (Le) Perdu. La Nature Humaine 1972
 

Mosca, Gaetano

Todas as classes políticas têm tendência para se tornarem de facto, senão de direito, hereditárias

1854-1941

Elementi di Scienza politica 1896
 

Mounier, Emmanuel  

A história não pode ser senão uma co‑criação de homens livres

1905-1950

Manifesto ao Serviço do Personalismo 1936
 

Müller, Adam

O Estado é a fusão dos interesses humanos num todo orgânico

1779-1829

Elemente der Staatskunst 1810

Mun, Conde Albert de

1841-1914    

Mussolini, Benito

Nada fora do Estado, acima do Estado, contra o Estado. Tudo no Estado, dentro do Estado

1883-1945

 

Fascismo 1929

Myrdal, Karl Gunnar

Os factos e as leis apenas existem para a ciência no interior de uma teoria hipotética

1898-1987

The Political Element in the Development of Economic Theory 1929

 

 

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: 05-03-2009