1974
 


Fevereiro
Depois de greve de mineiros, trabalhistas vencem eleições

 

 

Na Conferência de Washington sobre a energia, a França não se associa à posição dos restantes membros da CEE (11 de Fevereiro)

Soljenitsine é expulso da URSS (13 de Fevereiro)

Começa uma greve geral dos mineiros britânicos (10 de Fevereiro). 

Vitória dos trabalhistas nas eleições britânicas; 301 lugares contra 296 dos conservadores (28 de Fevereiro)

Spínola e Costa Gomes são convocados para a residência particular de Caetano. Tomás recebe Silva Cunha e Spínola (22 de Fevereiro). Marcelo retira-se para o Buçaco, de 22 a 26 de Fevereiro. No dia 28 é recebido em audiência por Tomás e pede a demissão, que não é aceite. Assembleia Nacional aprova voto de confiança no governo (8 de Março).

Soares denuncia a crise – Mário Soares escreve um artigo em Le Monde onde considera que há algo de novo em Portugal e que a guerra está em risco de se perder na própria metrópole.

A conspiração – Primeiro comunicado do Movimento dos Oficiais. Defende-se a democratização e a procura de uma solução política para a questão ultramarina (8 de Fevereiro).

Em 22 de Fevereiro reunião do Movimento dos Capitães em Cascais, no atelier do arquitecto Braúla Reis. Aí Melo Antunes apresenta o primeiro esboço de programa daquilo que passa a movimento das forças armadas. Costa Gomes e Spínola são eleitos chefes do movimento. Instituídas a comissão militar do movimento, com Casanova, Monge e Otelo, bem como a comissão política, com Melo Antunes, Vítor Alves e Vasco Lourenço. Tais comissões hão-de terminar com a vitória militar do movimento, surgindo uma Comissão Coordenadora do Programa do MFA, constituída por sete elementos e sob a presidência do então coronel Vasco Gonçalves (5 de Março). Governo ainda reage transferindo vários oficiais ligados ao movimento, como Vasco Lourenço, Ribeiro da Silva e Pinto Soares.

Reunião de Almeida Bruno, Dias de Lima, Casanova, Melo Antunes e António Ramos. Ultimam os preparativos da movimentação militar. Melo Antunes terá defendido calorosamente os comunistas.

 

 

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: